quinta-feira, julho 27, 2017

terça-feira, julho 25, 2017

afins



Da areia olho meu corpo de
água
meio vazio o corpo
do mar
maré baixa
depois da cheia
o mar e eu somos e
não somos
a mesma coisa
então começo a te chamar
de mar
tudo aquilo que somos e
não somos
do mesmo

terça-feira, julho 18, 2017

corrente


 
Olho o mar
mediterrâneo
prestes a cumprir
mais uma vez
o olhar o mapa
fechar o zíper
mala nas costas
o último gole
na cerveja antes
do ônibus sair
penso em colocar palavras
na garrafa
mas do mediterrâneo
até você
quantos estreitos terá
que passar
será que você
será que você ainda
se põe
em mim?



terça-feira, julho 04, 2017

real



Diferentes lugares onde
o sultão
cuidadosamente escondia
e fodia
suas amantes
estão abertos
ao público por
10 euros

São lugares de mármore
e pedras
colunas adornadas e
mandalas na parede

Ontem publiquei memórias
travestidas de
poesia

10 euros é o preço
aproximado para
se abrirem
ao público

Não há só distâncias
entre
um poeta e
um sultão