quarta-feira, maio 17, 2017

água



Só mais cinco minutinhos, é o tempo necessário,
seria diferente, no derradeiro tudo parece que poderia
ter se resolvido fossem mais cinco minutinhos

Penso em canoas viradas, nos joelhos e teus pés, queria escrever a curva
atrás dos teus joelhos com o movimento
dos meus

Os movimentos de engano, os passos em falso, um à frente para recuar dez. Sempre contra
esse vento forte jogando o cabelo na minha cara e você calando cada vez mais.  Vou te tampando
com minha pilha de erros e me desfazendo tentando ser alguém melhor, ser alguém melhor
é sempre ser melhor
para alguém, e todo passo à frente é um abandono do eu

Só mais cinco minutinhos. Só mais cinco minutinhos, mas meu corpo água está cercado de
água, e se minha água interna é vida, essa água externa é sufocamento, e não entendo como
se estou falando da mesma matéria

Meu sangue está para o mar como estou

para você


quarta-feira, janeiro 04, 2017